terça-feira, 11 de agosto de 2015

Duas almas em um só coração



O amor nos transforma
A saudade nos domina
Os beijos ardentes 
Queimam em nossa alma
À noite nos apaixona
Aprisiona-me
Faz de mim estrela
Em seu espaço
Viro astro 
Viro canção 
Na galáxia contida
Em seu coração 
Transborda-me
Em você sou imensidão
A poesia perfeita
O verbo conjugado
Amado recitado
Em meio à multidão
Dois corpos em um único espaço
Duas almas em um só coração..


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Gratidão

Atribuo minhas asas  a todo amor que me foi dado A cada sorriso inusitado  carregado de bem querer A todas as cores que sutilm...

Postagens mais visitadas