sábado, 11 de junho de 2011

Há minha maneira



Te amo!
Se existisse uma palavra mais forte para
demostrar a imensidão do meu amor por ti
te sussuraria sem medo ao seu ouvido
Não sou do tipo romântica
não sei escrever palavras bonitas
mas sei traduzir cada pulsar de meu coração...

Não sou do tipo q demostra amor a toda hora
mas sei da paixão que sinto por ti
não sei ficar beijando a todo instante
mas com apenas um beijo meu apaixonado
sentiria tudo aquilo que guardo aqui dentro
e que és so teu...

Não sei perder o chão e andar nas nuvens
prefiro passos firmes e seguros
não sou dependente de seu amor
mas se me abraçasse forte
saberia que não precisaria ir
tão alto para me sentir

Não sei gritar que te amo
ti amo a meu modo discreto e profundo
pois nem tudo que se é gritado ou
que estampa os olhos alheios
significa ser forte

Não sei as cores do amor
o meu é simples preto e branco
não possuo sua formula
mas mantenho a magia de amar
viva vibrante dentro de mim
e mesmo parecendo pequeno
és bem maior do que possa imaginar...

Não sei definir o amor
mas sei traduzir cada pulsar de meu coração...


by Juci Diass

Loucura...

Ter consciência de que isso não me faz tão bem quanto eu gostaria, estranhamente, parece me prender ainda mais. Talvez por ser a única forma de manter isso vivo. É o velho lance de não querer entregar os pontos, mesmo sabendo que, independente disso, não haverá ganho algum. Analisando friamente, nada mais é do que uma batalha/guerra comigo mesma: aceitar de uma vez que não vale a pena, ou insistir em algo cujo fim é previsível?

10 comentários:

hobbyblogclube disse...

Olá, Juci!
"As andorinhas voltaram..." e em grande estilo!!!
Bjs!
Rike.

Dú Pirollo disse...

Olá minha querida amiga Juci!!!
Saudade, minha querida amiga!!!
Que maravilha minha amiga, adorei!!!
É isso mesmo minha amiga, o que realmente importa nesta vida é saber amar e expressar esse maravilhoso e sublime sentimento, o resto não importa muito.
Parabéns pela excelente postagem, magnífica minha querida e grande amiga!!!
Tenha um excelente fim de semana, regado com muito amor!!!
Grande beijo e muita paz!!!

Sissym disse...

Puxa... e eu sei perder o chão e viver nas nuvens... e aterriso bem, já dei com a cara no chão algumas vezes e ralei as nadegas.

Olha, OVO dos òios Azuis.... voce está pulsando de inspiração, e com toda a sinceridade: ficou maravilhoso.

Beijos

joselito bortolotto disse...

Nem sei o que dizer .....

Luisa L. disse...

Juci,

É lindo o teu poema. Um espelho onde me vejo também. E, tão difícil e desnorteante, é ter consciência dos factos, mas não sentir a terra firme debaixo dos pés.

Beijocas!

Minhas Poesias Irradiantes disse...

Mas Bah Tchê guria Faceira, estavas mui inspirada ao ponto de criar um especial Poema de emocionar a todos os blogueiro que forem sensíveis ao lerem belíssima Poesia do nível seu, que não me limitei apenas em ler, que reescrevo aqui e favoritei e ainda guardarei cópia no word em meus arquivos no PC, além de é claro indicar para todos que eu puder fazer da melhor forma possível, e veja a seguir os Versos desta Poetiza:
Te amo!
Se existisse uma palavra mais forte para
demonstrar a imensidão do meu amor por ti
te sussurraria sem medo ao seu ouvido
Não sou do tipo romântica
não sei escrever palavras bonitas
mas sei traduzir cada pulsar de meu coração...

Não sou do tipo q demonstra amor a toda hora
mas sei da paixão que sinto por ti
não sei ficar beijando a todo instante
mas com apenas um beijo meu apaixonado
sentiria tudo aquilo que guardo aqui dentro
e que és só teu...

Não sei perder o chão e andar nas nuvens
prefiro passos firmes e seguros
não sou dependente de seu amor
mas se me abraçasse forte
saberia que não precisaria ir
tão alto para me sentir

Não sei gritar que te amo
ti amo a meu modo discreto e profundo
pois nem tudo que se é gritado ou
que estampa os olhos alheios
significa ser forte

Não sei as cores do amor
o meu é simples preto e branco
não possuo sua formula
mas mantenho a magia de amar
viva vibrante dentro de mim
e mesmo parecendo pequeno
és bem maior do que possa imaginar...

Não sei definir o amor
mas sei traduzir cada pulsar de meu coração...


by Juci Diass

Mary Miranda disse...

Lindo, lindo, lindo, Guria Faceira e Sapeca!


Definido ou não, o amor é latente e vibrante, e só quem o sente, é que pode se arriscar a dizer algo!
Amar é a maneira mais simples e objetiva de dizer que ainda somos humanos...

Adorei, minha querida! (Mesmo!!!!)

Um beijo!
Mary:)

manoel disse...

Amor em preto e branco é o amor verdadeiro, aquele que não precisa de outras cores para se fazer forte.
Abraços minha ruiva preferida!

Manoel

bélani e mais disse...

Olá amiga Juci, estou um pouco ausente desculpe, mas hoje passei por aqui visitar seu espaço e li essa linda poesia, achei linda demais, parabéns.
Beijo.

cRaZy PoET disse...

Que coisa mais linda garota do Sul... simplesmente lindo.

Postar um comentário