terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Em Outra Dimensão



Meu coração perdido em outra dimensão
Sonhos perdidos no espaço
Desejo escondidos a cada luar
Da brisa que se faz ventania
Gritando por você
A cada minuto perdida tentando-me encontrar
Tentando-lhe encontrar Perdida em outra dimensão

Faço de meus medos guerreiros
Em noite fria a sua busca
Escuridão translúcida
Desejos ocultos
Duas almas perdidas
Em uma única direção


Das palavras sem sentido
A vontade louca de tudo que ainda não foi dito
Odeio e temo esta dimensão
Que nos deixa sem direção
No peito a dúvida
E da duvida uma única certeza
Insana...


Nem todas as noites são escuras
Nem mesmo a lua é capaz de iluminar
Duas almas perdidas em outra dimensão...
Tirando para fora
Tirando todos para fora
Atirando na escuridão


Quando nada se move
E a noite opaca perde seu brilho
Nossas almas surgem em ventania
Gritando por nós...
Quando nada se move
E mesmo em outra dimensão
Ouço sua voz suave como o vento
Dizendo que ainda me ama.


Lutando contra todas vontades do universo
Temendo toda maldição
Não importa qual a dimensão
Serei sempre sua e tu serás sempre meu...


Para sempre haverá um nós perdido em
Qualquer dimensão...


By Juci Diass

Ao som de In Black And White - Sonata Arctica

3 comentários:

CrAzYpOeT disse...

Lindo poema guria Juci... eu Louco Poeta, não sei descrever com palavras este poema... Simplesmente "ÚNICO"... just like you

Jucifer disse...

Valeu poeta louco e sempre presente \o/

Sissym disse...

Olha, o meu coração está em outra dimensao e faz tempo. Alias, eu o coloquei num retiro espiritual, porque se depender do amor humano de um homem, capaz de apodrece-lo feito maçã.

Beijos

Postar um comentário