segunda-feira, 21 de maio de 2012

Sempre lhe encontro!



Sobre o silencio da noite
Perdida em meio à escuridão
Contando pensamentos por entre estrelas
Procuro-lhe a cada brilho
Oculto que cruza o céu
Envolvida sobre a lua
Olhos distantes
Coração inquieto
Alma translucida sobre o infinito
Sobre a calmaria da noite
Difusão de sentimentos
Transformados em brisa
Leve toque em um segundo
Sinto-lhe tão perto
Seu cheiro baila por entre sombras
Perdidos no espaço
Na distancia que hoje nos separa
Viajo toda noite em seus pensamentos
Vasculho sua alma
Toco seus lábios
Mas sempre retorno ao mesmo lugar
Meu ponto de partida ainda continua
Sendo o mesmo de chegada
Seu coração é minha estrada
E seu amor é que me conduz!


9 comentários:

  1. Eita guria arrasou
    muito lindo mesmo esse poema
    nada como estar na natureza pra reencontrar o sentido de sentir
    abs

    ResponderExcluir
  2. Nossa zoião azul.... o ar puro fez bem pra você hiem?!
    Ai o amor... se traduz em versos cheios de mel!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  3. Olá, Juci!
    O ar puro te deu mais inspiração ainda!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  4. Ê guria das palavras bonitas, que tocam o coração!
    De onde saem coisas tão lindas?
    Da cabeça, do coração ou da alma?
    Muito lindo, adorei!
    Beijão querida!

    ResponderExcluir
  5. Nobre Srta de sentimentos belos
    e palavras que expressam bem a intensidade
    de uma noite só com as lembranças!
    Parabéns pelo poema
    Seu blog é excelente!
    Tenha uma agradável noite
    e Boa Semana!
    Cuide-se!

    ResponderExcluir
  6. Guria, voce não fala mais comigo, mas continuo curiosa! Tá APAIXONADA! Como tem escrito assuntos lindos sobre o amor e relacionamentos!

    Interessante, pq o ponto de partida tambem é o da chegada. Percorremos caminhos, damos voltas, acabamos chegando no mesmo lugar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Mas olha só que bonito, regressou é? Depois me diz que o amor me pegou hein?? Na verdade ele pegou foi você também rs, Ruiva inspirada, gostei muito do post, grande beijo Juci.

    ResponderExcluir
  8. Querida guria ruivinha,

    Simplesmente LINDA essa poesia. Amei o final, quando você diz: "Seu coração é minha estrada
    E seu amor é que me conduz!". Perfeito!
    Beijo grande,
    Herval

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Morada em seu ser...

Quando sua ausência Torna-se presença Em cada passo Em cada olhar Sinto-me naufrago Mergulhado em sentimentos Hoje apenas m...

Postagens mais visitadas