domingo, 24 de junho de 2012

Me Refiz...




Fechei meus olhos ao passado 
E assim me refiz mais uma vez... 
Mudei minha imagem 
Me vi em frente ao espelho 
Sorri para mim mesma 
Descartei o olhar triste 
Baguncei meu cabelo 
Mandei embora tudo que me contaminava 
Me banhei com sentimentos puros 
Voltei a escutar aquela velha canção 
Dancei sobre a chuva 
E enquanto bailava 
Exalava minha renovação 
Braços abertos 
Olhos brilhantes 
Percebi a minha volta 
Tudo é tão pequeno 
E eu sou uma imensidão 
De sonhos... 
De desejos... 
De amores... 
De dores... 
Eu sou uma eterna canção 
Uma estrela renascida em uma pequena constelação 
E assim me refiz 
Renovei minhas folhas 
Lavei minha alma 
Fertilizei novos sonhos 
Desfiz minha antiga coleção 
E as pétalas que um dia cairão 
Me tornando o que sou 
Não me tocarão jamais 
Me refiz no vermelho carregado 
Contido em seu coração 
E assim me refiz... 






4 comentários:

pcjanuaria disse...

Prenda linda dos pampas , guria a cada vez que você se renova se torna mais linda não digo de beleza fisica externa apessar que Deus foi e muito generosso contigo heheeh, pois a coitada que passou na fila da beleza depois de você virou atriz aquela bruxinha do 71 da turma do chavez pois se pegou tudo para vc , e o mais importante é sua beleza interior que eu a conheço e bem pois aprendi e enchergar tua alma linda e olha igual a voc~e existe poucas pessoas nesse mundo, guerreira , trabalhadora, forte , mãe presente e o principal ainda consegue a cada renovação continuar uma linda e gentil mulher bjs e olha amigos tambem podem dizer " TE AMO " e eu digo sem medo amo-te guria amiga.

Jhosy . disse...

Juci minha flor,
que linda poesia !
Transmite aquele sentimento de força, de 'alma lavada e coração mais leve' sabe ?
Adorei !
Quantas vezes na vida isso se faz necessário não é mesmo ? Para que possamos continuar, nos refazer e tocar para frente visando um futuro melhor e mais construtivo.
Adorei sua poesia, muito muito linda.

Um beijo,
Uma excelente semana.
Jhosy
http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

Sozynho disse...

Olá, Juci!
Concordo com cada linha, reticência, acento, imagem do que digitou!!
Bjs!
Rike.

Valéria Braz disse...

Juci... teus poemas tem uma essência forte e ao mesmo tempo doce... uma força que se refaz, mas não deixa de pulsar... acho isto sensacional.
Beijo no coração

Postar um comentário