quinta-feira, 12 de julho de 2012

Meus versos chamam por você


Meus versos chamam por você 
Minha inspiração se perde sem você por perto 
Poeta sem verso é como corpo sem alma 
Repouse sobre mim doce anjo 
Transforme versos vagos em realidade 
Transcreva-me em você e lhe tatuarei em meu coração 
Faça meus poemas sem rimas 
Virarem canção 
Embale minhas palavras solidas a cada anoitecer 
Solte ao vento todo sentimento contido feito plumas 
A cada linha mau traçada 
A cada virgula respire o amor que és só teu 
Vamos construir uma nova estrofe com linhas só nossas 
Recite meus versos a cada amanhecer 
Não me deixe morrer, me alimente 
Vamos fazer diferente desta vez, sem ponto final? 
Deixaremos exclamações soltas no ar 
Até o infinito... 
Não deixe nosso poema envelhecer em sua estante 
Me de o céu e a cada nova lua 
Criaremos uma nova rima 
Construiremos novos versos inacabados 
Como um poema sem fim 
Como eu em você, você em mim 
Meus versos chamam por você 
E minha alma de poeta súplica sua presença 
Vamos eternizar cada verso 
Cada rima... 
Você é meu mais doce poema 
Não esqueça meu amor sem ponto final !

By Juci Diass

1 comentários:

Cla disse...

Que versos intensos hein Juci.
Chama pelo amor com uma vontade extrema de estar junto e renovar todos os sentimentos sentidos.
Um amor louco, mas premeditado a estar unido pelo tempo, poesia que chama sentimentos consigo e chamam um amor terno.
Que felicidade em lhe ver retornar com poemas tão cálidos e profundos.

Uma ótima noite para, grande beijo.

Postar um comentário