domingo, 28 de fevereiro de 2016

Coração Valente



Até mesmo o mais bravo guerreiro
Um dia perde sua espada
Nem mesmo sua bravura
E sua armadura blindada
O torna seguro de todo sentir
A mão que ergue sua espada
É a mesma que afaga suas dores
De tantas guerras
Tantas batalhas
Muitas vitórias
Sobre sua armadura
Esconde sua mais nobre 
Essência, sua força nebulosa
Em chagas sobre seu peito
Um coração em chamas
Uma única derrota
Uma única lagrima em sua face
Mas isso não o desonra
Não o torna fraco
O torna humano.
Até mesmo o mais bravo guerreiro
Disponível de toda força
Carrega em si
Todo sentimento
Sobre sua armadura
Fragmentada de amor
Em sua espada a salvação
Em sua alma a purificação
E a crença
Que no intimo de seu ser
Nem todas as batalhas foram perdidas
Ainda a força!
A mesma que movia seus antepassados
Embora derrotado
O amor sacramentado
Sobre sua arena
Voltara a renascer
Sem armadura
Tão pouco espada
Sua alma ganhara asas
E como anjos 
Estará livre sobre o firmamento
Flutuando sobre sonhos
Carregados de esperança
Simplesmente leve
Livre de toda dor...


GURIA FACEIRA
 By Juci Diass

1 comentários:

Sissym Mascarenhas disse...

Guria, fiquei meio impressionada, porque partes do que li lembraram o sonho que tive neste final de semana! Um sonho movimentado e magico.

Bjs

Postar um comentário