quinta-feira, 31 de maio de 2012

Ironias do Amor


"Uma vez na vida, se tiver muita sorte, vai conhecer a pessoa que dividirá sua vida, em o tempo antes dela, e o tempo depois dela."
(Frase do filme Ironias do Amor)

Como diria Rauzito: "ninguém neste mundo é feliz sendo amado uma vez..." por isso devemos dar a chance de nos apaixonar novamente. Mesmo carregando no peito um coração partido, devemos manter viva a magia de amar, de nos prenderem, de ser feliz. 

Quem nunca levou um "pé de esquerda bem dado na bunda?", passou aqueles momentos de glória imaginando a cabeça do infeliz servindo de banquete aos porcos? "Não me olhem assim tenho certeza que todas vocês já imaginaram coisas bem piores". O amor e o ódio caminho de mão dadas e o menor deslize um se apossa do outro, sendo amor dominando ódio ou ódio dominando amor, nada indeferi de certo modo ambas se completão, muitas vezes de forma estranha com desejos insanos.

Se prender ao que um dia foi e hoje já não é mais não significa amor pense nisso se fosse amor jamais deixaria de ser, por isso estufa o peito ai coloca aquele bom e velho rock desfrute de muita maquiagem, exagere  nos sorrisos e faça daquilo que se foi o mesmo que faz com tudo que não lhe é util. Mas se mantenha aberta ao amor, fechar as portas é assumir não ser capaz de encarar  os desafios da vida, antes de se tornar uma pessoa mau amada vista-se de vermelho tome aquele bom e velho wiske e mande um "foda-se" para lembranças indesejadas.

Esqueça as profecias, e todo conselho fútil tome suas atitudes por você...


Ps: Recomendo o filme para quem ainda não assistiu!

6 comentários:

Aurelio C. Stupp disse...

Báh Guria, tu hoje tá inspirada, concordo com tudo que falaste, Phoda-se o que é ruim!
Tu também é fã do eterno "Maluco Beleza"?
Tu devia estar feliz porque tem um emprego, é a dita didadã respeitada e qanha 4 mil cruzeiros por mês, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Beijão Ruiva!

Van disse...

Oi Juci,

Você é das minhas, dor tem prazo de validade, é preciso usar todos os nossos recursos para abreviar este prazo, não existe um ser na face da terra que mereça nosso sofrimento eterno. E fechar as portas só se for pra coisa ruim, nunca para o amor. Adorei as sugestões e conselhos, texto de guria arretada!

Beijos

André disse...

Olá, parabéns pelo blog! Venho aqui lhe convidar para cadastrar-se em nosso agregador de conteúdo e divulgar cada vez mais seu blog, gostaria muito se pudesse participar, é totalmente gratuito e um ótima maneira de divulgação, não deixe de participar com seus ótimos artigos, espero você lá: Nosso endereço http://linksdahora.com

Cla disse...

Não adianta se prender ao passado, temos que pensar no presente e ser felizes em primeiro lugar com nós mesmos, deixar aquilo que há de ruim de lado e lembrar que todos nós temos uma tampa, aquele ou aquela que nos completa verdadeiramente, adorei o texto Juci e vou ver o filme que recomendou, grande beijo.

Jhosy . disse...

Eu tenho uma longa história com esse filme, já assisti duas vezes e com certeza é uma boa recomendação ! Um ótimo filme para se divertir, se emocionar... Ótimo ! rs

Um beijo da Jhosy

http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

Valéria Braz disse...

Zoião Azul, tô contigo! Devemos aprender a nos desvencilhar de amores que não servem... afinal se não deu certo, se machuca, não é pra ser!
Então, o bom é levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima.... e ir a luta por outro amor!
Se vai encontrar? Só tentando a gente descobre!
Beijo no coração

Postar um comentário