terça-feira, 14 de agosto de 2012

Horizonte



Olhos distantes 
Perdidos no horizonte
A brisa mansa toca meu rosto
Te vejo por entre o céu 
Recheado de nuvens 
Me perco no silêncio
Que afaga meu coração
Doce momento... 
Pequenas lembranças... 
E um unico pensamento, 
você!




4 comentários:

  1. Parabéns pela poesia , bem curta porem direta e clara abs.

    http://www.aramehabil.com.br

    ResponderExcluir
  2. Juci, que linhas lindas, curto poema, mas exemplificando todo o sentimento que a saudade lhe faz, com os olhos no horizonte, mas a cabeça no amor.

    Parabéns, um grande beijo.
    Boa noite.

    ResponderExcluir
  3. Guria,

    obrigado pela visita.
    Realmente a Simone é uma pessoa única.

    Abraxos.

    ResponderExcluir
  4. Ju, saudades. Eu queria compreender melhor a internet. Eu tinha a assinatura de seu blog, assim como de muitos outros, de vez em quando "desconecta". Aí perco as pessoas de vista.
    Graças a um comentario seu, consegui novamente vir aqui e me cadastrar mais uma vez.

    Lindo poema, anda regada de sensibilidade.

    Agora, vou dar um pito na Lola, está estressada lá fora, não aceita visitas de estranhos.

    BEIJOS

    ResponderExcluir

Postagem em destaque

Morada em seu ser...

Quando sua ausência Torna-se presença Em cada passo Em cada olhar Sinto-me naufrago Mergulhado em sentimentos Hoje apenas m...

Postagens mais visitadas