sexta-feira, 3 de maio de 2013

Nosso Dueto


Toda ausência um dia
Há de virar lembrança
Toda mágoa um dia se dissolvera
Sobre as folhas secas de outono
Toda dor há de ser levada ao vento
Para bem longe esquecida no horizonte
Toda tristeza do hoje
Será conforto amanha
A estranheza das noites sem lua
Serão ocultadas em nossas almas
Todo desejo será guardado
Em meu peito com tuas iniciais
Todos planos regados por nossos sonhos
Permaneceram em nossos jardins
Só o tempo se encarregara de mata-lo
Há certeza de que havíamos nascidos
Um para o outro atormentara nossas mentes
Obsecadas pela duvida
Todo amor um dia há de acabar
Sendo apenas lembrado
Pelo nosso dueto de amar
Ao som do paraíso
Onde eu era a única
E tu eras somente meu
Nossas cabeças iram girar
Incansavelmente a procura um do outro
Mas já cansados cairemos sobre a solidão
Perdidos sem direção
Não haverá mais nosso dueto
Apenas palavras vazias assim como nossos corações
Perdidos para sempre com medo de amar
Mas assim como no paraíso
Eternamente voltaremos a nos encontrar...


By Juci Diass

Ao som de Justin like heaven (The Cure)

Se se morre de amor?
Como diria Gonçalvez Dias:Não,não se morre.De amor se vive.
Por amor se aprende a esperar,
a lutar,a morrer e continuar vivendo.
Se aprende a viver.


1 comentários:

CrazyPoet disse...

Simply beautiful and sad... so your, so mine, so ours. So lost, so sore, as dark as the night hanging over the future dreams ...

Postar um comentário